O hipotireoidismo é uma das patologias mais comuns em pessoas com síndrome de Down (T21) e, sem dúvida, é o transtorno endocrinológico mais frequente. Estima-se que entre 30% e 40% de pessoas com síndrome de Down tenha hipotireoidismo. Esta incidência chega a uma cifra entre 80% a 90% durante a primeira infância.

(Fonte: Fundação Iberoamericana Down 21)

Sua caracterização congênita é identificada a partir do teste do pezinho e de sumo importância, visto que se refere a uma disfunção primária e precoce da própria tireoide que, quando não tratada, certamente comprometerá funções neurológicas, acarretando lesão progressiva ireversível do SNV.

(Trissomia 21 – Nutrição, Educação e Saúde – Zan Mustacchi)